NOTÍCIAS

Entenda como é feito o atendimento médico nos estádios da Copa


A Copa do Mundo começou e a emoção toma conta dentro e fora do campo. Mas em caso de emergência durante os jogos, como é feito o atendimento médico? No Bem Estar desta sexta-feira (13), o coordenador médico do comitê organizador local da Copa Luis Fernando Correia explicou como as equipes médicas agem nos estádios.

O objetivo é acompanhar cada lance dos jogos para garantir que jogadores e torcedores recebam atendimento imediato se passarem mal ou se machucarem.
 
No caso de suspeita de parada cardíaca em um jogador, por exemplo, a comissão médica da FIFA estabeleceu que ele deve ser atendido em 2 minutos, para garantir a qualidade de vida - a cada minuto que passa, as chances de sobrevivência sem sequela nenhuma diminuem 10%, como explicou o médico.
 
Outro acidente que pode acontecer é o jogador se machucar e cair e, nessa situação, a maior preocupação é a coluna vertebral. Por isso, é preciso estabilizar o paciente na hora que ele é atendido, para evitar consequências graves, como uma lesão de medula. Já na arquibancada, em cada estádio da Copa, existem duplas de socorristas para garantir o atendimento rápido dos torcedores.
No entanto, existem alguns cuidados que os torcedores podem tomar para se proteger e torcer com segurança e saúde, como reforçou o médico do esporte Gustavo Magliocca. Para quem vai aos estádios, a dica é usar roupas leves, bonés e não esquecer do protetor solar. Apesar do clima de festa, é melhor evitar fantasias e roupas que esquentam muito e, na hora de comer e beber, optar sempre por bebidas refrescantes e alimentos leves.
 
Fonte: Bem Estar, Globo.